Geografia

Região Sudeste do Brasil: Estados, Mapa, Clima, Cultura, Vegetação

Veja as principais características da região sudeste do Brasil como relevo, população e muito mais

A região sudeste do Brasil concentra a maior parte da população brasileira, principalmente nas zonas urbanas, sendo o centro industrial, financeiro e comercial mais importante de todo o Brasil. Também é responsável por empregar mais de 80% de operários brasileiros e a energia consumida chega a ser de 85% do país.

O sudeste se destaca por apresentar os maiores depósitos de minérios de ferro, os melhores portos, a maior rede rodoferroviária e as maiores hidrelétricas do Brasil.

Uma das atividades mais importantes na região é o turismo, como o caso do Rio de Janeiro, que é conhecido internacionalmente como a “Cidade Maravilhosa” e também abriga a maior rota de turismo internacional do Brasil.

Agora, veja um resumo completo de geografia sobre a região sudeste do Brasil. Vamos estudar os seguintes tópicos: área territorial, o seu clima e temperatura, população, densidade demográfica, relevo, vegetação, hidrografia, etnias e cultura, economia, entre outros aspectos importantes.

mapa da região sudeste
mapa da região sudeste

Estados da Região Sudeste do Brasil

A região sudeste do Brasil é composta por quatro estados. São eles:

  • São Paulo,
  • Rio de Janeiro,
  • Minas Gerais e
  • Espírito Santo.

Área Territorial (IBGE)

  • Área da região: 924.620.678 km²

Clima

  • Tipos variados dependendo da cidade: tropical, tropical de altitude, subtropical e litorâneo úmido.
  • Tropical: Presidente Prudente, Vitória e Rio de Janeiro. Temperatura elevada com média anual de 22°C. Apresenta duas estações definidas: verão (chuvoso) e inverno (seco);
  • Tropical de altitude: Poços de Caldas, Campos do Jordão, Nova Friburgo, Petrópolis, Ouro Preto. Temperaturas mais amenas com média anual de 18°C.
  • Subtropical: Itapeva, Itanhaém, Apiaí, Guapiara, Peruíbe, Registro. Temperatura média anual entre 16°C a 17°C.
  • Litorâneo úmido: Cobre todo o estado do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

População (IBGE 2014) e Densidade Demográfica

  • 85.115.623 habitantes.
  • É a mais populosa do Brasil (42%)
  • Densidade demográfica: 92,05% hab./km²
  • Município mais populoso da região sudeste: São Paulo, capital de São Paulo (11.895.893 milhões de pessoas – IBGE 2014).

População por municípios (maior para o menor)

Município População (2014)
1 São Paulo 11.895.893
2 Rio de Janeiro 6.453.682
3 Belo Horizonte 2.491.109
4 Guarulhos 1.312.197
5 Campinas 1.154.617
6 São Gonçalo 1.031.903

Relevo da Região Sudeste

O relevo da região sudeste é bem expansivo, sendo possível identificar e se dividir em cinco, o qual será visto mais adiante. O Pico da Bandeira, situado entre os estados do Espírito Santo e Minas Gerais, é o ponto mais elevado do sudeste com 2.891,98 metros de altitude.

As cinco divisões do relevo da região sudeste são:

1 – Planícies e terras baixas costeiras

  • São bem comuns por toda a planície a presença de praias e algumas restingas formando assim lagoas costeiras e enormes baías.

2 – Serras e planaltos do leste e sudeste

  • Conhecida também como Planalto Atlântico ou Oriental;
  • Possui grande número de serras (escarpas de planalto) cristalinas;
  • É coberta pela Serra da Canastra, Serra do Espinhaço, Chapadas Sedimentares e pode-se avistar o Rio São Francisco.

3 – Planalto Meridional

  • Formado por dois blocos:

1) Depressão Periférica;

2) Planalto Arenito-basáltico.

  • Possui uma estrutura sedimentar;
  • Ocupa toda a área do centro-oeste de São Paulo e oeste de Minas Gerais.

4 – Planalto Arenito-basáltico

  • Devido a alternância de rochas (pouco resistentes) como o arenito (que é sedimentar) com outras muito duras como o basalto (que é vulcânica) há o aparecimento de cuestas, que é visto, por exemplo, na Serra de Botucatu.

5 – Depressão Periférica

  • Formado quando há contato da zona baixa e plana tendo a semelhança de uma canoa;
  • Estão entre as serras e planaltos da leste e sudeste (estrutura cristalina) e o planalto arenito-basáltico (estrutura sedimentar).

Vegetação

  • Floresta Tropical é dominante nessa região;
  • A região voltada para Mata Atlântica encontra-se quase totalmente devastada, mas em alguns locais íngremes é possível encontrar árvores altas, cipós, epífitas e um bom número de palmáceas;
  • As matas galerias ou ciliares estão em algumas áreas do interior próximas aos rios por serem mais úmidas;
  • O cerrado é bem característico das áreas tropicais do sudeste onde predomina as pequenas árvores, vegetação rasteira e arbustos de galhos retorcidos;
  • Apresenta formação campestre: ao sul do estado de São Paulo tem os campos limpos; ao sul de Minas Gerais tem os campos serranos;
  • No litoral predomina a vegetação litorânea que é típica das praias possuindo uma temperatura de 42°C.

Hidrografia

  • Predomina no sudeste os Rios de Planalto (encachoeirados);
  • Há várias bacias hidrográficas, porém as mais destacáveis são:
  1. Bacia do Paraná: entre os rios Paranaíba e Grande;
  2. Bacia do São Francisco: inicia no rio principal em Minas Gerais, na serra da Canastra; é acidentado, por isso, tem grande potencial hidrelétrico como Usina Hidrelétrica de Três Marias;
  3. Bacias do Leste: descem das serras litorâneas até o Atlântico tendo várias bacias em conjunto, tais como: Bacias do rios Pardo, Doce e Jequitinhonha, em Minas Gerais; Paraíba do Sul, em São Paulo e Rio de Janeiro;
  4. Bacias do Sudeste-Sul: Rio Ribeira do Iguape, em São Paulo.

Etnias e Cultura

  • As primeiras habitações na região sudeste foram os índios e depois começou a ser colonizada pelos portugueses no século XVI;
  • Primeira vila a ser fundada pelos portugueses foi a São Vicente/SP;
  • A migração da região nordestina foi intensa, principalmente, para os estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Hoje já tiveram mais de 457 mil nordestinos de volta ao seu lugar de origem;
  • Um dos primeiros imigrantes que influenciaram a região sudeste foi os suíços, que fundaram Nova Friburgo, no Rio de Janeiro;
  • Cor/raça (% PNAD 2006): Branca (58,8); parda (32,5), preta (7,7), indígena e amarela (1,0);
  • Toda a cultura dessa região é portuguesa, porém na parte de música e culinária tem forte influência africana e indígena;
  • A cultura caipira é bem presente destacando-se nos estados do Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais;
  • Ouro Preto/MG foi a primeira cidade declarada pela UNESCO como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Economia

  • Possui o segundo maior IDH do país com 0,805 elevado (perde apenas para a região sul).
  • Apresenta o maior PIB per capita do país com 49,5% (R$21.182,68 – 2008);
  • É composta pelos três estados mais ricos do Brasil: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro;
  • É a segunda maior com qualidade de vida;
  • Sua economia é bem diversificada, rica e, principalmente, é forte em industrialização, além de ser a mais desenvolvida em agricultura;
  • É a maior região geoconômica do país;
  • É responsável por mais de 70% do valor industrial tendo um imenso parque industrial nas cidades de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro;
  • Há desigualdade uniforme entre as cidades devido a superpopulação diferenciando o padrão de desenvolvimento, mas ainda assim possui as melhores escolas, melhor atendimento médico-hospitalar e melhor área tecnológica.

Leitura Sugerida

Referências bibliográficas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar