Biologia

Núcleo Celular – Resumo (núcleo, ácidos nucleicos e nucléolo)

O núcleo celular é uma estrutura membranosa com a função de proteger o material genético. É a região onde ocorre o controle das atividades celulares. Também pode ser chamado de carioteca, e os seres que o possuem são chamados de eucariontes.

Hoje nós vamos falar a respeito do núcleo celular e dos ácidos nucleicos. Veja, agora, o resumo completo dessa matéria.

O Núcleo da Célula

Toda célula eucariótica possui núcleo, uma estrutura central responsável por controlar e comandar o funcionamento e a replicação da célula.

O núcleo é composto pela carioteca, pela cromatina e pelo nucléolo. Na cromatina estão presentes os ácidos nucleicos, que nas células procarióticas (presentes nas bactérias e algas azuis) se encontram livres no citoplasma.

Núcleo Celular
Núcleo Celular

A carioteca

A carioteca (ou envoltório nuclear) é uma membrana dupla lipoproteica (uma parte lipídica e outra proteica) que separa o conteúdo celular do citoplasma da célula.

A carioteca possui uma membrana interna e outra membrana externa. A externa possui poros (aberturas simples) por onde passam moléculas que ajudarão na síntese proteica ou mesmo os produtos desta.

A face externa, com seus poros, também pode ser uma passagem para os retículos endoplasmáticos e pode até conter ribossomos (como na figura acima), que estão ligados ao núcleo e têm íntima associação ao processo de síntese.

A face interna da membrana possui a lâmina nuclear, composta por inúmeras proteínas que auxiliam na sustentação da célula e que, mais tarde, participará da reconstrução e fragmentação da célula na sua divisão.

No meio das duas membranas, há ainda a cavidade (ou espaço) perinuclear, por onde os poros têm continuidade.

A cromatina

Presente no interior do núcleo, a cromatina é dividida em dois tipos: a heterocromatina e a eucromatina, e estes estão imersos no nucleoplasma, um líquido composto por enzimas, ATP, sais e água.

A cromatina é formada por muitos cromossomos, que parecem fios emaranhados, onde cada fio é formado por uma molécula de DNA (ácido desoxirribonucleico) e este é associado às proteínas histonas.

A função das histonas é enrolar/condensar o DNA compactando-o e o conjunto histona e DNA é chamado nucleossoma.

A eucromatina é a região onde o DNA está pouco enrolado/condensado e, portanto, está ativa, podendo expressar proteínas e enzimas.

Já a heterocromatina, é a região onde o DNA está mais enrolado/condensado e está inativa, possuindo apenas função estrutural.

Ácidos Nucleicos

Nos procariontes, como já foi dito, o material genético encontra-se livre no interior da célula e ele é uma molécula circular denominada plasmídeo.

Já nos eucariontes, o material genético composto pelos ácidos nucleicos – DNA ou RNA – são moléculas lineares.

Os ácidos nucleicos são macromoléculas lineares simples ou duplas formadas por nucleotídeos. Um nucleotídeo é composto por três partes: um açúcar, que é uma pentose (ribose ou desoxirribose), um fosfato e uma base nitrogenada inorgânica (adenina, citosina, guanina, timina e uracila).

Diferença entre RNA e DNA

Ácidos Nucleicos
DNA (à direita) e RNA (à esquerda)

O RNA é uma molécula simples composta por nucleotídeos, onde a pentose é a chamada ribose e as bases nitrogenadas presentes são a adenina, citosina, guanina e uracila.

Já o DNA é uma molécula dupla helicoidal composta por uma pentose do tipo desoxirribose e composta pelas bases nitrogenadas adenina, citosina, guanina e timina, e é responsável por armazenar e transmitir a informação genética.

Ao longo da fita do DNA, as bases nitrogenadas estão pareadas sempre nas seguintes duplas: timina-adenina e guanina-citosina, através de ligações de hidrogênio que conferem estabilidade à estrutura.

Obs: As bases adenina e guanina (A e G) são chamadas bases púricas ou purinas; e as bases citosina, timina e uracila (C, T e U) são as pirimídicas ou pirimidinas.

O nucléolo

É uma estrutura esférica encontrada no núcleo, que não contém membrana. Ele é composto por RNA ribossômico, que foi formado pelo DNA celular.

O RNA ribossômico constituirá os ribossomos distribuídos na célula e estes participarão da síntese proteica. O nucléolo desaparece durante o processo de divisão celular, quando a cromatina está condensada ao máximo.

Neste resumo, você aprendeu:

  • – Estrutura do núcleo celular
  • – Ácidos nucleicos
  • – Diferença entre RNA e DNA
  • – Estrutura do nucléolo

Assunto: Núcleo Celular

Tópicos: núcleo, carioteca, cromatina, ácidos nucleicos, diferença entre RNA e DNA, nucléolo.

Leitura sugerida

Referências bibliográficas

 Karp, Gerald – Biologia celular e molecular – Disponível em https://books.google.com.br/books?id=4qpeIwPEixoC&dq=nucleo+celular&hl=pt-BR&source=gbs_navlinks_s

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar