HistóriaHistoria do Brasil

A Guerra dos Emboabas: Resumo

Causas da guerra dos emboabas, seus líderes, local, objetivo, desfecho e consequências

A Guerra dos Emboabas foi um conflito armado ocorrido em Minas Gerais durantes os anos de 1707 a 1709. O motivo foi a disputa por jazidas de ouro descobertas por bandeirantes. A guerra dos emboabas foi travada por paulistas contra emboabas, termo pejorativo aos forasteiros compostos principalmente por portugueses.

Neste resumo, nós vamos falar tudo o que você precisa saber sobre a Guerra dos Emboabas (local, causa, líderes, quem participou, como terminou, etc). Ela foi uma revolta nativista do período colonial.

Guerra dos Emboabas

Local: região de Minas Gerais

Quando ocorreu:1707 e 1709

Quem participou: paulistas X emboabas

Motivo: disputa pelas minas de ouro

Como terminou: derrota dos paulistas

Líderes:

  • Manoel de Borba Gato (no lado dos paulistas)
  • Manuel Nunes Viana (no lado dos emboabas)

Os bandeirantes paulistas encontraram minas de ouro na atual região de Minas Gerais e, por causa disso, eles se achavam no direito de explorá-las de modo exclusivo, já que foram eles quem as encontraram primeiro.

Porém, a descoberta do ouro acabou atraindo forasteiros (chamados de emboabas) de todas as partes da colônia (portugueses, pernambucanos, baianos), gerando conflitos que culminaram na Guerra dos Emboabas (paulistas e emboabas disputando as minas).

Desfecho: os emboabas se saíram vitoriosos, vencendo várias batalhas e encurralando os paulistas. Por conta disso, os paulistas se viram forçados a se renderem, firmando um acordo de paz (se renderiam em troca da liberdade).

Os emboabas, porém, não cumpriram o acordo e mataram todos os paulistas depois de eles se renderam (por causa disso, o local dessas mortes ficou conhecido como Capão da Traição).

Leitura sugerida

Referências bibliográficas

ROMEIRO, Adriana. Guerra dos Emboabas: balanço histórico. Revista do Arquivo, 2009. Disponível em http://www.siaapm.cultura.mg.gov.br/acervo/rapm_pdf/ensaio01_2009.pdf

ROMEIRO, Adriana. Paulistas e emboabas no coração das Minas: idéias, práticas e imaginário político no século XVIII. Editora UFMG, 2008.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar