HistóriaHistoria Geral

O que foi o Iluminismo: resumo, características

O que foi o Iluminismo? Onde surgiu o Iluminismo?

O Iluminismo foi um movimento intelectual que ocorreu durante a Idade Moderna. Esse movimento surgiu na Europa durante o século XVII (começando na França, espalhando-se por toda a Europa e chegando à América). O Iluminismo também é conhecido como “Século das Luzes”, contrapondo-se ao período anterior (Idade Média).

Depois de a Europa passar a Idade Média sob o forte poder da Igreja Católica (Inquisição, Livros Proibidos, etc…) e ter sido alvo do Absolutismo (os reis têm poderes ilimitados sobre a sociedade), os filósofos iluministas propuseram um novo tipo de pensamento baseado na razão e na liberdade.

Características do Iluminismo

Características que você precisa saber:

Como eu já disse, o Iluminismo valoriza a razão (ao contrário da fé, predominante na Idade Média). A razão deve substituir a crença religiosa e o misticismo (pois isso prejudicava o progresso do homem), ou seja: a razão ilumina a sociedade que vive nas trevas (daí vem o termo “Iluminismo”).

Os iluministas defendiam a liberdade econômica (pois o Estado interferia muito na economia com o Mercantilismo) e eram contra o Absolutismo dos reis (defendiam uma sociedade livre).

Ou seja: eles eram a favor da liberdade econômica, política e também religiosa. Essas ideias influenciaram a Revolução Francesa (liberdade, igualdade e fraternidade) e se espalharam rapidamente pelo mundo.

Os filósofos iluministas reuniram suas ideias num livro chamado “Enciclopédia” (para facilitar a disseminação do conhecimento).

Alguns reis absolutistas ficaram intimidados com essas ideias liberais (já que essas ideias entravam em conflito com o Absolutismo e tinham a simpatia do povo) e passaram a aceitar algumas ideias do Iluminismo. Esses reis passaram a ser conhecidos como Déspotas Esclarecidos.

Principais Filósofos Iluministas

John Locke: é considerado o “Pai do Iluminismo”. Dizia que o homem adquire conhecimento com o passar do tempo por meio da experiência (empirismo). Principal obra: “Ensaio sobre o entendimento humano”.

Montesquieu: afirmava que o poder político deveria ser dividido em três (Legislativo, Executivo e Judiciário). Principal obra: “O Espírito das Leis”.

Russeau: defendia a democracia e um Estado que pudesse garantir a igualdade para todos. Principal obra: “Do Contrato Social”.

Voltaire: foi um polêmico crítico do clero (Igreja) e da prepotência dos reis, além de defender a liberdade de pensamento. Principal obra: “Cartas Inglesas”.

Adam Smith: defendeu o liberalismo econômico, dizendo que a economia deve ser regida pelo jogo da oferta e da procura.Principal obra: “A Riqueza das Nações”.

Quesnay: defendia a fisiocracia: capitalismo agrário longe da intervenção do Estado

Diderot e D’Alembert: ajudaram a organizar a Enciclopédia.

Leitura sugerida

Referências bibliográficas

KURY, Lorelai (Ed.). Iluminismo e império no Brasil: O Patriota (1813-1814). SciELO-Editora FIOCRUZ, 2007.

LUHMANN, Niklas. Iluminismo sociológico. O pensamento de Niklas Luhmann, p. 19, 2005.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo